sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

10 Coisas Que Eu Odeio Em Você


"Odeio o modo como fala comigo
E como corta o cabelo
Odeio como dirigi o meu carro
E odeio seu desmazelo
Odeio suas enormes botas de combate
E como consegue ler minha mente
Eu odeio tanto isso em você
Que até me sinto doente
Odeio como está sempre certo
E odeio quando você mente
Odeio quando me faz rir muito
Mais quando me faz chorar...
Odeio quando não está por perto
E o fato de não me ligar
Mas eu odeio principalmente
Não conseguir te odiar
Nem um pouco
Nem mesmo por um segundo
Nem mesmo só por te odiar"


Verdade seja dita: não fazem mais filmes de adolescente como antigamente. Esqueça esses jovens que cantam e dançam, que usam drogas ou só pensam em sexo. Estou falando de uma boa comédia romântica, onde garotos e garotas enfrentam a inesperada descoberta de uma paixão e tentam conciliar a montanha russa do amor com os problemas escolares e familiares, isso tudo salpicado com elementos cômicos que só a juventude pode dar.

Infelizmente, os filmes atuais de adolescentes só me trazem decepção. Não sei se é porque estou em outra fase da vida, ou se estes filmes estão apenas refletindo a situação atual da nova geração de jovens, mas existe um lado bom em ser parte da geração antiga: eu tive a oportunidade de conhecer filmes clássicos que são incomparáveis em relação aos mais recentes.



10 Coisas Que Eu Odeio Em Você é um clássico da Sessão da Tarde e muitas pessoas da minha geração dizem que este foi um longa bastante notório. O filme é de 1999 e foi baseado na Megera Domada, obra de William Shakespeare, tendo no elenco grandes nomes como Julia Stiles, Joseph Gordon-Levitt e Heath Ledger em um de seus primeiros protagonistas.

O enredo nos mostra a vida das irmãs Stratford, Bianca e Kat (Stiles), tão diferentes quanto a água e o vinho. Bianca é uma das poucas garotas “puras” da escola, portanto é sempre cobiçada pelo ardiloso Joey, um típico filhinho de papai. O problema reside no fato de Bianca só poder namorar quando Kat também namorar, e para se domar esta fera é preciso ter um domador corajoso e destemido.


É aí que entra Cameron (Joseph), recém-chegado na escola que se apaixona perdidamente por Bianca. Juntamente com seu amigo Michel, armam um plano para Joey contratar um dos caras mais temidos da escola com a finalidade de convencê-lo a encantar a megera Kat. O escolhido é Patrick Verona (Ledger). O misterioso rapaz chama a fera para sair e, sem que ambos soubessem, as alavancas do amor já haviam sido acionadas.

O filme contém diálogos inteligentes e interessantes, como também possui cenas memoráveis; destaque para aquela em que Heath canta Can’t Take My Eyes of You. É um filme que os jovens de hoje deveriam se dar ao luxo de conhecer. Um filme que mostra as diversas facetas da paixão adolescente e as ciladas que ela pode preparar, com o mais simples e puro dos intuitos: tentar compreender as calhas que giram esse comboio de corda chamado coração.


Kat: Por que tá fazendo isso?

Patrick: Eu já disse, você bateu a cabeça.

Kat: Você não está nem aí se eu não levantar, não é?

Patrick: É claro que sim.

Kat: E por quê?

Patrick: Porque se não eu vou ter que sair com garotas que gostam de mim de verdade.

Kat: Se puder encontrar uma.

Patrick: Tá vendo? Quem precisa de afeição quando se tem tanto ódio?

2 comentários:

  1. EU AMO ESSE FILME E TUDO QUE VC DISSE SOBRE ELE EU CONCORDO!!! E PERFEITOOOO
    MEYRIELLE.GOMES@HOTMAIL.COM

    ResponderExcluir
  2. Meu filme favoritooo <3. Ameeeei a matéria love :)

    ResponderExcluir